31.10  
Inicio arrow Artigos arrow Brincando com FAMP Server + PureFTPd no MySQL (FreeBSD+Apache+MySQL+PHP)
Principal
Inicio
Noticias
Artigos
Regras da Lista
Assinar a Lista
Histórico da Lista
Forum
Keyserver
PC-BSD: Artigos
PC-BSD: Notícias
Galeria de Imagens
Contador Usuários FUG
FUGs Estaduais
Downloads
Enquetes
FAQ
Resumo do Site
Links
Pesquisar
Contato
Sobre a FUG-BR
RSS / Twitter
-
DOC-BR (FUG BR)
Introdução
Projeto DOC-BR
Handbook
FAQ Oficial
-
+ Noticias
Alertas de Seguranca
Alertas em Ports
BSD em Geral
DaemonNews (Ingles)
MyFreeBSD
Todas Categorias
-
Login
Nome de Usuário

Senha

Lembrar login
Esqueceu sua senha?
Sem conta? Crie uma


Brincando com FAMP Server + PureFTPd no MySQL (FreeBSD+Apache+MySQL+PHP) PDF Imprimir E-mail
Por Thiago   
11/09/2007
Índice de Artigos
Brincando com FAMP Server + PureFTPd no MySQL (FreeBSD+Apache+MySQL+PHP)
Parte 2
Neste howto eu quero cobrir a instalação completa de um servidor FAMP ( FreeBSD + Apache + MySQL + PHP) com Pure-FTPd autenticando no MySQL.
Visto que em muitas empresas se vê necessidade de hospedagem local, não é a grande maioria, pois há várias empresas especializadas em WebHosting como a empresa na qual eu trabalho, que têm custos benefícios ótimos. Porém para quem quer "meter a mão na massa" segue abaixo a "brincadeira":

Confira este artigo na integra, clique em Leia Mais!

Hora de Diversão:

1. Instalando FreeBSD
1.1 Atualizando o FreeBSD
2. Instalando Apache
2.1 Configurando Apache
3. Instalando PHP
3.1 Instalando extensões do PHP:
4. Instalando MySQL
4.1 Configurando MySQL
5. Instalando Pure-FTPd
5.1 Configurando o Pure-FTPd com MySQL
5.1.1 Criando Base de Usuários de FTP no MySQL
5.1.2 Configurando o Pure-FTPd efetivamente.
6. Levantando Serviços.
7. Conclusão
8. Referências.

1. Instalando FreeBSD:

Faça uma instalação básica do FreeBSD (nesta parte serei bem genérico):

Inicie com o CD do FreeBSD particione da maneira que lhe convier, instale com a opção 'minimal' depois adicione o 'src' (all) de preferência, adicione também o man, não é necessário o ports nem o X.

Após instalação ser completada, vamos a alguns ajustes:

Primeiro Baixando PORTS atualizado:

# portsnap fetch extract

depois de completa a operação:

# cd /usr/ports/net/csup && make install clean && rehash

Isso para instalar o csup, utilitário/cliente de cvs para atualizarmos os sources do FreeBSD.

Nota: O procedimento acima devera ser feito apenas ate' a versao 6.1 do FreeBSD, pois na 6.2, o csup (cliente C do cvsup), estara' incorporado na base do sistema, assim como o portsnap.

1.1 Atualizando o FreeBSD:

Após termos os pré-requisitos necessários para a atualização do sistema vamos prosseguir com ela:

Primeiro é necessário criar o arquivo de configuração de onde o csup irá tirar as informações para baixar os sources do sistema

# vi /usr/local/etc/csup.conf

insira as seguintes linhas:

#####################################
*default host=cvsup3.br.FreeBSD.org
*default base=/var/db
*default prefix=/usr
*default release=cvs tag=RELENG_6
*default delete use-rel-suffix
*default compress

src-all

######################################

Salve e feche.

Agora vamos executar o csup para que baixe os sources atualizados:

# csup -g -L 2 /usr/local/etc/csup.conf

Após baixados os sources vamos a atualização própriamente dita:

# cd /usr/src

Se você estiver compilando de uma máquina potente utilize essa sintaxe:

# make -s -j4 buildworld

Caso não apenas retire o argumento '-j4', pois ele abre multiplos workers para compilar
Enfim esse comando irá preparar/compilar todos os binários do sistema.

Após isso será necessário compilar o Kernel:
Isso irá compilar o kernel atualizado, você pode tunnar o kernel, mas isso eu não irei cobrir aqui:

# make -s -j4 kernel KERNCONF=GENERIC

Instalando binários que foram compilados anteriormente

# mergemaster -p
# make -s TMPDIR=/var/tmp installworld


Agora iremos fazer um MERGE dos arquivos de configuração novos com os antigos (CUIDADO NESTE MOMENTO CASO JÁ TENHA EFETUADO ALGUMA MUDANÇA NOS SEUS ARQUIVOS DE CONFIGURAÇÃO DO /etc FAÇA UM BACKUP):

# mergemaster -Pi
# reboot

Pronto, sistema atualizado.

2. Instalando Apache:

Vamos instalar o Apache do PORTS:

Entrar na pasta do Apache no ports, manda compilar com modulos SSL/Proxy/MPM e instalar.

# cd /usr/ports/www/apache22
# make WITH_PROXY_MODULES=yes WITH_SSL_MODULES=yes WITH_MPM_MODULES=yes install clean && rehash


Coloque-o para inicializar no boot

# echo 'apache22_enable="YES"' >> /etc/rc.conf

2.1 Configurando Apache:

Edite o arquivo /usr/local/etc/apache22/httpd.conf

#################################################

ServerRoot "/usr/local"

Timeout 300

KeepAlive Off
#MaxKeepAliveRequests 5
#KeepAliveTimeout 5

ServerLimit 500

PidFile /var/run/httpd.pid
LockFile /var/log/accept.lock

StartServers 5
MinSpareServers 5
MaxSpareServers 20
MaxClients 150
MaxRequestsPerChild 0

Listen 80

LoadModule authn_file_module libexec/apache22/mod_authn_file.so
LoadModule authn_dbm_module libexec/apache22/mod_authn_dbm.so
LoadModule authn_anon_module libexec/apache22/mod_authn_anon.so
LoadModule authn_default_module libexec/apache22/mod_authn_default.so
LoadModule authn_alias_module libexec/apache22/mod_authn_alias.so
LoadModule authz_host_module libexec/apache22/mod_authz_host.so
LoadModule authz_groupfile_module libexec/apache22/mod_authz_groupfile.so
LoadModule authz_user_module libexec/apache22/mod_authz_user.so
LoadModule authz_dbm_module libexec/apache22/mod_authz_dbm.so
#LoadModule authz_owner_module libexec/apache22/mod_authz_owner.so
LoadModule authz_default_module libexec/apache22/mod_authz_default.so
LoadModule auth_basic_module libexec/apache22/mod_auth_basic.so
LoadModule auth_digest_module libexec/apache22/mod_auth_digest.so
#LoadModule file_cache_module libexec/apache22/mod_file_cache.so
#LoadModule cache_module libexec/apache22/mod_cache.so
#LoadModule disk_cache_module libexec/apache22/mod_disk_cache.so
LoadModule dumpio_module libexec/apache22/mod_dumpio.so
LoadModule include_module libexec/apache22/mod_include.so
LoadModule filter_module libexec/apache22/mod_filter.so
LoadModule charset_lite_module libexec/apache22/mod_charset_lite.so
LoadModule deflate_module libexec/apache22/mod_deflate.so
LoadModule log_config_module libexec/apache22/mod_log_config.so
LoadModule logio_module libexec/apache22/mod_logio.so
LoadModule env_module libexec/apache22/mod_env.so
LoadModule mime_magic_module libexec/apache22/mod_mime_magic.so
LoadModule cern_meta_module libexec/apache22/mod_cern_meta.so
LoadModule expires_module libexec/apache22/mod_expires.so
LoadModule headers_module libexec/apache22/mod_headers.so
LoadModule usertrack_module libexec/apache22/mod_usertrack.so
LoadModule unique_id_module libexec/apache22/mod_unique_id.so
LoadModule setenvif_module libexec/apache22/mod_setenvif.so
LoadModule version_module libexec/apache22/mod_version.so
LoadModule proxy_module libexec/apache22/mod_proxy.so
LoadModule proxy_connect_module libexec/apache22/mod_proxy_connect.so
LoadModule proxy_ftp_module libexec/apache22/mod_proxy_ftp.so
LoadModule proxy_http_module libexec/apache22/mod_proxy_http.so
LoadModule proxy_ajp_module libexec/apache22/mod_proxy_ajp.so
LoadModule proxy_balancer_module libexec/apache22/mod_proxy_balancer.so
LoadModule ssl_module libexec/apache22/mod_ssl.so
LoadModule mime_module libexec/apache22/mod_mime.so
LoadModule dav_module libexec/apache22/mod_dav.so
LoadModule status_module libexec/apache22/mod_status.so
LoadModule autoindex_module libexec/apache22/mod_autoindex.so
LoadModule asis_module libexec/apache22/mod_asis.so
LoadModule info_module libexec/apache22/mod_info.so
LoadModule cgi_module libexec/apache22/mod_cgi.so
LoadModule dav_fs_module libexec/apache22/mod_dav_fs.so
LoadModule vhost_alias_module libexec/apache22/mod_vhost_alias.so
LoadModule negotiation_module libexec/apache22/mod_negotiation.so
LoadModule dir_module libexec/apache22/mod_dir.so
LoadModule imagemap_module libexec/apache22/mod_imagemap.so
LoadModule actions_module libexec/apache22/mod_actions.so
LoadModule speling_module libexec/apache22/mod_speling.so
LoadModule userdir_module libexec/apache22/mod_userdir.so
LoadModule alias_module libexec/apache22/mod_alias.so
LoadModule rewrite_module libexec/apache22/mod_rewrite.so
LoadModule php5_module libexec/apache22/libphp5.so # ESTE MÓDULO É INSERIDO AUTOMATICAMENTE QUANDO O PHP FOR COMPILADO.

User www
Group www

ServerAdmin seu-email@seu-dominio
ServerSignature Off
ServerName srv-00.teste.com.br:80

DocumentRoot "/usr/local/www/apache22/data"

AllowOverride None
Order deny,allow
Deny from all

Options Indexes FollowSymLinks
AllowOverride None
Order allow,deny
Allow from all

DirectoryIndex index.html index.php index.php3 index.htm

Order allow,deny
Deny from all
Satisfy All

ErrorLog /var/log/httpd-error.log

LogLevel warn

LogFormat "%h %l %u %t \"%r\" %>s %b \"%{Referer}i\" \"%{User-Agent}i\"" combined
LogFormat "%h %l %u %t \"%r\" %>s %b" common
LogFormat "%h %l %u %t \"%r\" %>s %b \"%{Referer}i\" \"%{User-Agent}i\" %I %O" combinedio

#CustomLog /var/log/httpd-access.log common
CustomLog /var/log/httpd-access.log combined

#ScriptAlias /cgi-bin/ "/usr/local/www/apache22/cgi-bin/"
#Scriptsock /var/run/cgisock

AllowOverride None
Options None
Order allow,deny
Allow from all

DefaultType text/plain

TypesConfig etc/apache22/mime.types

AddType application/x-gzip .tgz
AddEncoding x-compress .Z
AddEncoding x-gzip .gz .tgz
AddType application/x-compress .Z
AddType application/x-gzip .gz .tgz

#AddHandler cgi-script .cgi

# For type maps (negotiated resources):
#AddHandler type-map var

AddType text/html .shtml
AddOutputFilter INCLUDES .shtml

AddType application/x-httpd-php .php
AddType application/x-httpd-php-source .phps

MIMEMagicFile etc/apache22/magic

ServerTokens Prod
ServerSignature Off

# Virtual hosts
#Include etc/apache22/extra/httpd-vhosts.conf

# Secure (SSL/TLS) connections
#Include etc/apache22/extra/httpd-ssl.conf

SSLRandomSeed startup builtin
SSLRandomSeed connect builtin

Include etc/apache22/Includes/*.conf

#############################################################


3. Instalando o PHP:

Também vamos instalar o PHP pelo PORTS, visto que o PORTS já baixa, compila e instala todas as dependências do software (que convenhamos facilita e muito a nossa vida).

# cd /usr/ports/lang/php5

Escolha tudo que necessita com built-in no PHP:

# make config

Eu sempre costumo utilizar estes módulos como built-in:
[X] APACHE Build Apache module
[X] SUHOSIN Enable Suhosin protection system (not for jails)
[X] MULTIBYTE Enable zend multibyte support
[X] MAILHEAD Enable mail header patch


Instalando:

# make install clean && rehash

Copie o arquivo de configuração do PHP para o nome correto:

# cd /usr/local/etc
# cp php.ini-recommended php.ini


3.1 Instalando extensões do PHP

Também pelo PORTS:

# cd /usr/ports/lang/php5-extensions

Escolha as extensões necessárias para suas páginas.

# make config

Depois instale:

# make install clean && rehash

4. Instalando MySQL:

Mais uma vez VIVA O PORTS!!!

# cd /usr/ports/databases/mysql50-server
# make WITHOUT_INNODB=yes BUILD_OPTIMIZED=yes BUILD_STATIC=yes install clean && rehash

Coloque-o para inicializar no boot

# echo 'mysql_enable="YES"' >> /etc/rc.conf

4.1 Configurando o MySQL

Uma ótima política em se usar o MySQL é configurar a sua inicialização alguns parametros como máximo de concatenação de dados as vezes são muito úteis entre outras coisas, segue abaixo um arquivo de configuração do MySQL que eu considero um bom começo.


##############################################
[client]
socket = /tmp/mysql.sock
port = 3306

[mysqld]
bind-address = x.x.x.x # SUBSTITUA POR SEU IP
port = 3306
socket = /tmp/mysql.sock
tmpdir = /var/tmp
key_buffer = 256M
max_allowed_packet = 1M
table_cache = 256
sort_buffer_size = 1M
read_buffer_size = 1M
read_rnd_buffer_size = 4M
myisam_sort_buffer_size = 64M
thread_cache_size = 8
query_cache_size = 16M
thread_concurrency = 4

max_connections=3048
max_user_connections=256
max_connect_errors=10000

wait_timeout = 1800
interactive_timeout = 1800
connect_timeout = 30

skip-locking
skip-name-resolve

group_concat_max_len = 999999

[isamchk]
key_buffer = 128M
sort_buffer_size = 128M
read_buffer = 2M
write_buffer = 2M

[myisamchk]
key_buffer = 128M
sort_buffer_size = 128M
read_buffer = 2M
write_buffer = 2M

[mysqlhotcopy]
interactive-timeout
######################################################

Salve em /var/db/mysql/my.cnf

Defina uma senha para o root do mysql, mas antes levante o serviço MySQL:

# /usr/local/etc/rc.d/mysql-server start
# mysqladmin -u root password sua-senha


5. Instalando Pure-FTPd

Ae agora você que está lendo o artigo me pergunta:
"Mas porque o Pure-FTPd? Por que não o ProFTPd?
E eu responderei:
"Por que o Pure-FTPd é um tanto mais intuitivo, leve e fácil de utilizar (além da minha preferência pessoal pelo programa) visto que nesse tutorial eu o integrarei ao MySQL usando Quotas e Controle de taxa de transferência, fora uma leve personalizada no arquivo ftpd.c, onde peca o Pure-FTPd é no banner de boas-vindas.


Vamos lá:

# cd /usr/ports/ftp/pure-ftpd
# make config

Selecione:
[X] MYSQL Support for users in MySQL database
[X] PAM Support for PAM authentication
[X] PRIVSEP Enable privilege separation
[X] PERUSERLIMITS Per-user concurrency limits
[X] THROTTLING Bandwidth throttling
[X] UPLOADSCRIPT Support uploadscript daemon

DESABILITE O BANNER:
[ ] BANNER Show pure-ftpd welcome upon session start

Baixe-o e extraia-o:

# make extract

Caso queira personalizar o banner de conexão:

# cd work/pure-ftpd-1.0.21/src

Edite o arquivo ftpd.c, rocure pela linha:

addreply_noformat(220, "FTP server ready.");

e mude-a conforme você queira que ele se apresente quando um cliente se conecte ao servidor FTP, esta linha no meu arquivo é a de número: 4499

addreply_noformat(220, "Fulano de tal ISP FTP server ready.");

salve-o e feche-o.

Compilando:

# cd /usr/ports/ftp/pure-ftpd
# make install clean && rehash


Insira-o no rc.conf para inicializar no boot:

# echo 'pure-ftpd_enable="YES"' >> /etc/rc.conf

5.1 Configurando o Pure-FTPd para se autenticar no MySQL

5.1.1 Criando Base de Usuários de FTP no MySQL

Primeiro é necessário para o funcionamento do Pure-FTPd com o MySQL a criação da base ou da tabela em alguma base de sua preferência onde o Pure-FTPd irá se conectar para autenticar os usuários.
Segue abaixo a SQL que insere o Banco propriamente dito:

########################################################

CREATE DATABASE `pureftpd`;
USE pureftpd;

CREATE TABLE `ftpusers` (
`id` int(11) NOT NULL AUTO_INCREMENT,
`username` varchar(16) NOT NULL,
`password` varchar(255) NOT NULL DEFAULT '',
`uid` int(10) NOT NULL DEFAULT '80',
`gid` int(5) NOT NULL DEFAULT '80',
`homedir` varchar(255) NOT NULL DEFAULT '/var/www/',
`active` tinyint(1) NOT NULL DEFAULT '1',
`Quota` int(10) NOT NULL DEFAULT '0',
`ULbw` int(10) NOT NULL DEFAULT '32',
`DLbw` int(10) NOT NULL DEFAULT '32',
`ULRatio` int(10) NOT NULL DEFAULT '0',
`DLRatio` int(10) NOT NULL DEFAULT '0',
`QuotaFiles` int(10) NOT NULL DEFAULT '0',
`dominio` char(100) NOT NULL,
PRIMARY KEY (`id`,`uid`) USING BTREE,
UNIQUE KEY `username` (`username`),
UNIQUE KEY `uid` (`uid`)
) ENGINE=InnoDB DEFAULT CHARSET=latin1 COMMENT='FTP users';

#########################################################

Nesse tutorial eu acessarei esse banco/tabela como root do MySQL (o que não é uma política muito correta, de preferência crie um usuário com menos privilégios para acessar este banco).

5.1.2 Configurando o Pure-FTPd efetivamente.

Configurando agora o Pure-FTPd para se conectar ao MySQL e os parametros necessários para o funcionamento:

Edite o arquivo /usr/local/etc/pure-ftpd.conf:

#########################################################

DisplayDotFiles yes # Mostra arquivos como .ftpquota
ChrootEveryone yes # Enjaula todos dentro de seus homes
BrokenClientsCompatibility yes
MaxClientsNumber 150 # Máximo de Clientes
Daemonize yes # Transforma-o em daemon
MaxClientsPerIP 22 # Máximo de clientes por IP
VerboseLog yes # Log Verboso
AnonymousOnly no # Não permite Anonimo
NoAnonymous yes
SyslogFacility ftp # Joga saida do Log no syslog
DontResolve yes # não resolva nomes
MaxIdleTime 15 # Máximo de tempo de idle em minutos
MySQLConfigFile /usr/local/etc/pureftpd-mysql.conf # Configuração de conexão com MySQL
PAMAuthentication no # Não permite autenticação de usuários na máquina
UnixAuthentication no
LimitRecursion 5000 8
AnonymousCanCreateDirs no
MaxLoad 4
AntiWarez yes
Umask 133:022
MinUID 503
AllowUserFXP no
AllowAnonymousFXP no
ProhibitDotFilesWrite no
ProhibitDotFilesRead no
AutoRename no
AnonymousCantUpload no
AltLog stats:/var/log/pureftpd.log
MaxDiskUsage 90 # Máxima utilização do disco em %
KeepAllFiles no
CreateHomeDir yes # Cria o home do usuário no primeiro login caso vc esqueça de criar
CustomerProof yes
PerUserLimits 2 2
#UserRatio 1 3

#############################################################


E agora o arquivo de conexão com o MySQL:

Edite o arquivo /usr/local/etc/pureftpd-mysql.conf:

##############################################################

MYSQLServer x.x.x.x # Substitua pelo ip do seu server caso não seja o mesmo, caso seja o mesmo comente a linha
MYSQLPort 3306
#MYSQLSocket /tmp/mysql.sock # se o servidor for local descomente esta linha
MYSQLUser root
MYSQLPassword suasenha
MYSQLDatabase pureftpd
MYSQLCrypt any
MYSQLGetPW SELECT password FROM ftpusers WHERE username ='\L' AND active='1'
MYSQLGetUID SELECT uid FROM ftpusers WHERE username = '\L'
MYSQLGetGID SELECT gid FROM ftpusers WHERE username = '\L'
MYSQLGetDir SELECT homedir FROM ftpusers WHERE username = '\L'
MySQLGetBandwidthUL SELECT ULbw FROM ftpusers WHERE username = '\L'
MySQLGetBandwidthDL SELECT DLbw FROM ftpusers WHERE username = '\L'
MySQLGetRatioUL SELECT ULRatio FROM ftpusers WHERE username ='\L'
MySQLGetRatioDL SELECT DLRatio FROM ftpusers WHERE username ='\L'
MySQLGetQTASZ SELECT Quota FROM ftpusers WHERE username ='\L'
MySQLGetQTAFS SELECT QuotaFiles FROM users WHERE username = '\L'
MySQLTransactions On

################################################################

Pronto integração Completa! Agora basta você inserir os usuários no banco e logar para que as pastas sejam criadas e as permissões setadas.

6. Levantando os Serviços:

"Botando a coisa pra rodar"

# /usr/local/etc/rc.d/apache22 start
# /usr/local/etc/rc.d/pure-ftpd start


Bom pelo menos aqui não deu erro não! hehehe.
E está tudo funcionando perfeitamente.


7. Conclusão

Acredito que o objetivo de instalar um FAMP Server com Pure-FTPd autenticando no MySQL tenha se cumprido.
Temos agora um servidor rodando Apache com suporte a PHP e MySQL, juntamente com um FTP autenticando no MySQL proporcionando um ambiente bem controlado e seguro no quesito PROGRAMAS, pois não cobri a configuração de um Firewall (o qual pretendo ainda escrever algo).

8. Referências

Atualização do FreeBSD por Christopher Giese no FUG:
http://www.fug.com.br/content/view/46/60/

Documentação do PureFTPd na Web:
http://www.pureftpd.org/project/pure-ftpd/doc

Retirado de:

http://thiagoruiz.blogspot.com/2007/08/freebsd-famp-server-with-pure-ftpd-in.html

Comentários
Boa contribuição Thiago
Por Patrick Tracanelli em 13/09/2007 15:26:31
Bom conteudo :)
Por neo em 13/09/2007 16:20:06
vlw
Contribua mais
Por Everton Cruz em 13/09/2007 19:45:46
Contribua mais com artigos assim, é muito util. E obrigado tambem. Se possível formate ao menos os comandos, como nos outros artigos. A leitura fica mais fácil.
Otimo artigo!
Por lippe em 15/09/2007 18:59:25
Bela contribuicao thiago, eu mesmo formatei este texto, agora esta excelente, e facil de visualizar. 
 
Abracos! :)
obrigado
Por neo em 17/09/2007 10:38:32
vlw lippe .. na correria do dia dia eu acabei esquecendo de formatar heheehhe 
 
vlw.. fico lindu! oiaehoi 
 
abraços
Divergências
Por Alexandre Nano em 22/05/2008 11:45:08
Olá lippe. 
Realmente seu tutorial está excelente! Mas me confirme uma coisa: Você na compilação do MySQL desabilitou o INNODB e na criação da tabela você indicou que ela irá usar a engine INNODB. Mesmo desta forma a tabela vai usar a MYISAM, não é, ou estou enganado??
Por Thiago Torres em 04/01/2009 20:27:57
Poderia ser acrescentado ao tutorial como adicionar usuário no mysql para se logar no FTP. Também é útil acrescentar para usuários iniciantes como criar contas de hospedagem (usuário/diretorio/permissão). 
 
Show de bola o artigo ;)
Observação
Por Reginaldo Filippus em 22/01/2009 15:21:23
Ótima howto, com informações bem colocadas, mas tive alguns problemas que achei interessante postar aqui: 
 
Cuidado com os UID, GUID e DIR do usuário cadastrado. 
 
Os dados que você vai setar no usuário, tem que existir, por isso recomendo criar o usuário ftp, e setar ele como dono de algum diretório onde todos irão logar, caso contrario vai aparecer um erro no log, dizendo que o usuário esta desativado ;) 
 
Grande abraço a todos.
Interessante pacas
Por Ilaan em 01/04/2009 08:29:38
Post super interessante. muito esclarecedor. 
Ae entra no meu site: http://www.sempremaisestetica.com.br 
Foi otimizado pela Namp: http://www.namp.com.br
Por Paulo em 07/05/2009 09:48:10
Muito bom, valeu pela dica, estava com alguns problemas e seu post me ajudou. 
Visita meu site: 
Solviver Piscinas - www.solviverpiscinas.com.br
Configurar o phpldapadmin
Por Anderson.Baggio em 06/06/2012 10:09:31
como faço para configurar o meu phpldapadmin com o apache no freebsd 8.2, não acho esse tópico em lugar algum



Última Atualização ( 15/09/2007 )
 
< Anterior   Próximo >
FUG-BR - Espalhando BSD
Dicas Rápidas:

Após sincronizar o Ports, para atualizar seu INDEX de aplicações se você tiver portupgrade instalado, digite:

portsdb -Uu 

Se não tiver portupgrade:

cd /usr/ports/
make fetchindex

 






Wallpapers
Sua Opiniao
Online:
Nós temos 16 visitantes online


Devil Store - Sua loja BSD
FreeBSD Brasil LTDA

FUG-BR: Desde 1999, espalhando BSD pelo Brasil.